Berlin 00:00:00 London 00:00:00 New York 00:00:00 Chicago 00:00:00 Los Angeles 00:00:00 Shanghai 00:00:00
members login here
Region
Country / State
City
Genre
Artist
Exhibition

Caroline Pagès Gallery: Maria Condado - Jardim Botânico - 16 Sept 2009 to 31 Oct 2009

Current Exhibition


16 Sept 2009 to 31 Oct 2009
Monday - Saturday 3 to 8 pm & appointment
Caroline Pagès Gallery
Rua Tenente Ferreira Durão, 12 - 1° Dto.
1350-315
Lisbon
Portugal
Europe
p: 351 213873376
m: 351 916795697
f:
w: www.carolinepages.com











Maria Condado, A Selva, 2009, óleo s/ tela, 135 x 170 cm
Web Links


More Information

Artist Links





Artists in this exhibition: Maria Condado


Maria Condado
Jardim Botânico

16 Setembro – 31 Outubro, 2009
Inauguração Quarta-feira, 16 de Setembro às 22h

Visita orientada pela artista Sábado, 19 de Setembro às 17h


Aberto ao público de 2ª a Sábado das 15h às 20h e por marcação fora deste horário.


A segunda exposição individual de Maria Condado na galeria mostra um conjunto de pinturas recentes que nos introduzem a outras marcações do seu trabalho. Para além da questão da dimensão física das telas, visivelmente maiores, a deliberada ampliação representacional ganha novas margens colocando o desafio da escala que, muito embora, se torna um ponto de questionamento voluntário nestas obras. Quer através do sentido metafórico ou concreto, Jardim Botânico é um lugar onde a diversidade encontra o espaço desejado para construir e revelar-se, para constituir afirmações acerca das potencialidades da pintura. São paisagens-retratos que reflectem uma busca pessoal e intimista do processo criativo, bem como expressam a descoberta da necessidade eminente de quebra com alguma rigidez técnica da perspectiva transportando-nos, assim, para imagens mais bidimensionais, potenciadoras também de outras ilusões.

A obra de Maria Condado tem seguido uma abordagem de pesquisa e experimentação artística onde a construção de cenários (paisagens e retratos) se rege pela simbiose entre natureza e artificialidade. É, nesse registo, que as atmosferas exploradas evoluem para o sistema de conjugação e convivência entre, ora a ausência de elementos, ou a sua última profusão. Gera-se, portanto, a proposta de um “limbo pictórico” entre a importância da linha/forma e a cor, sem desobedecer no entanto à organização de conteúdos que uma certa abstracção poderia porventura incentivar.

A artista apresenta uma combinação entre duas fases pictóricas que, em todo o caso, algo se diferenciam das pinturas expostas anteriormente: por um lado, surgem paisagens com a pontuação de personagens identificadas como retratos; por outro lado, paisagens onde a aridez e a ruína outrora proeminentes se desenvolveram na representação mais densa da natureza, e cujo cariz ornamental e pormenorizado lhe confere agora um estado de rejuvenescimento e de (re)encontro com o presente.

Maria Condado (Lisboa, 1981) formou-se em Pintura pela FBAUL em 2004. Jardim Botânico é a sua segunda exposição individual na galeria Caroline Pagès. Entre outras exposições colectivas (Pavilhão de Portugal, Hangart-7, Salzburgo, Áustria, 2009; Vestígio, Hospital Júlio de Matos, 2008; Superfícies de Contacto, Centro de Arte de São João da Madeira, 2008), foi nomeada para o Prémio Anteciparte em 2006 (Lisboa) e para o Prémio de Pintura Ariane de Rothschild em 2005 (Lisboa). O seu trabalho foi mostrado recentemente no Museu de Amadeo de Souza-Cardoso em Amarante, no contexto da exposição Jeune Création Européenne, uma Bienal itinerante de Arte Contemporânea exibida em França, Lituânia, Áustria, Itália, Espanha e Portugal. O seu trabalho está incluído na colecção da Fundação PLMJ em Lisboa e em colecções particulares em Portugal, França e Áustria.

Rita Santos, Julho de 2009
Caroline Pagès Gallery


Para mais informações e imagens é favor contactar Caroline Pagès ou Rui Palmeiro pelo 21 387 33 76 ou 91 679 56 97 ou para gallery@carolinepages.com



Maria Condado
Jardim Botânico
September 16 – October 31, 2009

Opening reception on Wednesday, September 16 at 10 pm
Guided tour by the artist on Saturday, September 19 at 5 pm


Maria Condado’s second solo exhibition at the gallery is a collection of recent paintings that introduces us to other aspects of her work. Apart from the question of the physical size of the canvasses, which are visibly bigger, the deliberate enlargement of representational forms gains new dimensions, creating the challenge of scale that becomes a point of voluntary questioning in these works. Both in a metaphorical and concrete sense, Jardim Botânico is a place where diversity meets the desired space to build and be revealed, to become statements about paintings. These are portrayals of landscapes that reflect a personal and intimate search for the creative process, as well as expressing the discovery of the eminent need for a break from a certain technical rigidity of perspective, thus transporting us to more two-dimensional images which facilitate other illusions.

Maria Condado’s work has followed an approach based on artistic experimentation and research where the construction of scenarios (landscape and portraits) is governed by the symbiosis between nature and the artificial. It is in these terms that the atmospheres explored evolve towards the system of conjugation and coexistence between the absence of elements or their profusion. Thus, the proposal of a “pictorial limbo” is created between the importance of line/form and colour, without disregarding the organisation of content that a certain abstraction could eventually encourage.
The artist presents a combination between two pictorial phases which are differentiated from the previously exhibited paintings: on the one hand, there are landscapes with the appearance of characters identified as portraits; on the other, landscapes where the prominent aridity and ruin of times past were developed in the densest representation of nature, and whose ornamental and detailed character now lend it a state of rejuvenation and of an encounter (or re-encounter) with the present.

Maria Condado (Lisbon 1981) graduated in painting from the Lisbon School of Fine Arts in 2004. Jardim Botânico is her second individual exhibition at the Caroline Pagès Gallery. Among many other collective exhibitions (Pavilhão de Portugal, Hangar-7, Salzburg, Austria, 2009; Vestígio, Júlio de Matos Hospital, Lisbon, 2008; Superfícies de Contacto, São João da Madeira Art Centre, Portugal, 2008), she was shortlisted for the Anteciparte Prize in 2006 (Lisbon) and the Ariane de Rothschild Painting Prize in 2005 (Lisbon). Recently her work was exhibited at the Amadeo de Souza-Cardoso Museum in Amarante (Portugal) as part of the Jeune Création Européenne, a travelling Contemporary Art Biennial presented in France, Lithuania, Austria, Italy, Spain and Portugal. Her work has integrated the PLMJ Foundation Collection in Lisbon as well as many private collections in Portugal, France and Austria.

Rita Santos, July 2009
Caroline Pagès Gallery, Lisbon

For information and visuals, please contact Caroline Pagès or Rui Palmeiro at [+351] 21 387 33 76 or [+351] 91 679 56 97, or at gallery@carolinepages.com





SIGN UP FOR NEWSLETTERS
Follow on Twitter

Click on the map to search the directory

USA and Canada Central America South America Western Europe Eastern Europe Asia Australasia Middle East Africa
SIGN UP for ARTIST MEMBERSHIP SIGN UP for GALLERY MEMBERSHIP